Como tornar seu ambiente de trabalho mais agradável?

Enviado por | 29 de maio de 2013 | Dicas

Você provavelmente trabalha umas oito horas por dia. Isso é tempo demais e uma fatia muito grande de sua vida para serem sacrificados ao tédio! No entanto, boa parte do trabalho nos dias atuais é monótono e dá ao trabalhador pouco do que se orgulhar pessoalmente. Portanto, você tem muito a ganhar se tornar interessante o seu trabalho. Achara maior alegria dele e aprenderá o segredo de tornar mais interessante qualquer serviço futuro. Vejamos algumas maneiras de conseguir isso:

Seja entusiástico

Alguns especialistas recomendam que a pessoa execute seu trabalho como se gostasse dele. Assim, talvez acabe gostando mesmo. ‘Mas eu jamais me animaria com o meu trabalho!’, talvez diga. Pode ser que envolva uma rotina rígida, como numa linha de montagem. Ou talvez já execute seu serviço há tantos anos que acha impossível renovar seu interesse por ele. Contudo, táticas tão simples como sorrir e a postura ereta podem ajudá-lo a encarar com mais entusiasmo o seu trabalho. Poderá ser útil também concentrar-se totalmente no que faz. Não ligue o piloto automático, por assim dizer, e não trabalhe só pensando na hora do almoço, no fim de semana ou mesmo no próximo serviço a executar. Em geral, é sábio concentrar-se inteiramente na tarefa à mão. O resultado? Talvez venha a gostar do serviço e, daí, o tempo vai aparentemente passar mais depressa.Isso vem com naturalidade quando você se absorve numa atividade de que realmente gosta. Poderá conseguir o mesmo efeito obrigando-se a dar atenção indivisa ao trabalho que normalmente não acha interessante.

i love my jobFaça o seu melhor

Fazer o seu melhor pode ajudá-lo a ter satisfação no trabalho. Naturalmente, esses conselhos contrariam o conceito popular de que se você não acha interessante o seu trabalho deve executá-lo com o mínimo de esforço possível. Mas, a negligência, a procrastinação e o esforço mínimo provavelmente esgotarão as suas energias e acrescentarão ansiedade e fadiga. Em alguns casos, quem volta do trabalho estressado, ansioso e exausto pode estar sentindo isso por não trabalhar diligentemente. Por incrível que pareça, trabalhar arduamente até aumenta o prazer das horas de lazer. Para alguns isso é um lema antiquado, mas há quem aplique esse conselho útil. Estes concordam que não existe mesmo “nada melhor” do que usufruir os frutos de seu trabalho árduo. O livro The Joy of Working (A Alegria do Trabalho) reconhece: “O trabalho bem feito produz um fulgor íntimo de satisfação.” Portanto, faça o melhor que puder e, provavelmente, se sentirá reanimado. Faça mais do que o mínimo necessário e poderá se sentir mais feliz. Realize logo as tarefas importantes e sentirá mais prazer nos momentos de folga e nos fins de semana do que quem se esgota procrastinando. Em vez de competir com outros, empenhe-se em superar a si mesmo. Estabeleça novos padrões, novos alvos. Tente melhorar seu desempenho. Certa mulher, cujo trabalho inclui costura repetitiva, que alguns considerariam irremediavelmente monótono, fez para si mesma um “jogo” de controle de tempo. Ela anota a sua produtividade a cada hora e, daí, tenta aumentá-la. Ela realmente gosta de seu trabalho, pois se esforça em dar o seu máximo.

“Decore” o seu trabalho

Os doutores Dennis T. Jaffe e Cynthia D. Scott recomendam: “Compare o seu serviço a uma casa vazia. Você a ocupa e observa suas divisões e a estrutura. Isso atiça a sua criatividade. Você decide como ocupar os espaços, faz a decoração e transforma a casa em seu lar. Você a personaliza colocando nela a sua marca.” Em geral, os serviços que nos são designados vêm acompanhados de regras e diretrizes básicas. Fazer apenas o que se espera é como morar numa casa sem mobília nem decoração. Falta individualidade. Mas, se acrescentar seu toque pessoal, seu trabalho poderá tornar-se muito mais interessante. Não há duas pessoas que “decorarão” o trabalho de maneira igual. Um garçom memorizará as preferências de fregueses costumeiros. Outro será especialmente amável e cortês. Ambos gostam de seu trabalho porque dão um toque pessoal ao que fazem.

Aprenda sempre

Outra maneira de encontrar alegria no trabalho é aprender. O livro Tension Turnaround (Vira volta na Tensão) explica que, à medida que crescemos, o nosso cérebro aumenta a sua capacidade de processar informações. Isso explica por que as coisas que antes nos empolgavam agora talvez nos enfadem. A solução é satisfazer o apetite do cérebro por informações novas aprendendo coisas novas. Se você aprender mais sobre o seu trabalho pode ser que, com o tempo, receba um trabalho mais interessante para fazer. Mas, mesmo que isso não aconteça, a aprendizagem em si tornará seu trabalho mais interessante e satisfatório. Os autores Charles Cameron e Suzanne Elusorr destacam: “O aprender não só aumenta a sua confiança por aumentar as suas habilidades. Influi também na maneira geral de ver a vida: aprende-se que os problemas têm solução, que as dificuldades podem ser vencidas, que os temores podem ser abrandados e que mais coisas são possíveis do que se imaginava.” ‘Mas’, talvez objete, ‘eu já sei tudo a respeito do meu trabalho!’ Neste caso, poderia aprender coisas indiretamente relacionadas com ele? Por exemplo, talvez decida aprender mais a respeito de relações humanas ou a respeito de seu equipamento de trabalho. Talvez possa aprender a redigir melhor um memorando ou dirigir melhor uma reunião. Ou ainda maneiras mais eficazes de lidar com supervisores. Como poderá aprender essas coisas? Talvez a sua empresa ofereça cursos que possa aproveitar. Ou, numa biblioteca talvez encontre exatamente os livros de que precisa. Mas não desperceba fontes menos óbvias de informação. Observar pessoas no trabalho e notar suas virtudes e suas fraquezas pode ser educativo. Poderá aprender de seus próprios erros, e de seus sucessos também, analisando o que você fez certo. O que você aprende de sua própria experiência e de observar outros poderá ensinar-lhe coisas que você talvez nunca lesse em livros nem ouvisse numa sala de aula.

Algumas sugestões finais

Há ainda outra maneira de encarar o seu trabalho. Você talvez conclua que merece mais; todos os outros recebem oportunidades mas você nunca teve uma chance de fazer um serviço que realmente quer fazer. Não faltariam argumentos ao conversar sobre isso com outros que concordam com você, e talvez se convença de que tudo isso é verdade. Mas pode não ser. Muitos que gostam de seu trabalho aprenderam a gostar dele. Quem gosta de projetar casas pode vir também a gostar de dirigir ônibus. Por quê? Porque a sua dedicação criativa ao trabalho lhe dá alegria e satisfação. Portanto, liberte-se do pensamento negativo que faz da semana de trabalho algo sombrio em contraste com o fim de semana. Não perca tempo repassando seus erros do passado, imaginando o que sairá errado na próxima vez e se preocupando com o que outros pensam a seu respeito. Encare o trabalho à mão. Dê-lhe sua atenção indivisa. Tente absorver-se nele como se fosse seu passatempo predileto. Dê o seu melhor e alegre-se com um trabalho bem feito.

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.